Home » Blog » Currículo para primeiro emprego: Como fazer o seu e se destacar

Currículo para primeiro emprego: Como fazer o seu e se destacar

Currículo para primeiro emprego

O primeiro emprego é um dos grandes desafios que a gente enfrenta. É o início de uma das jornadas mais importantes na vida. Afinal, não é uma tarefa fácil para ninguém. O currículo para primeiro emprego pode ser um grande auxílio para encurtar ou facilitar essa busca.

Antes de tudo é importante se preparar, investir em formação e conhecimento teórico, buscar vivências e práticas em ambientes que dê algum tipo de experiência na qual você possa levar para seu currículo. Daremos algumas dicas de primeiras experiências profissionais ao longo deste artigo, fique atento.

É um desafio sim, principalmente se é a primeira vez que você tenta. Apesar disso, temos uma boa notícia: se você estiver preparado, as chances de obter sucesso são grandes.

Fazer seu currículo para primeiro emprego é uma grande oportunidade de mostrar porque você é um excelente candidato e o quanto você está pronto para ter sucesso nesta primeira jornada.

Mas como montar um CV legal, atrativo e além disso que te destaque em relação aos outros? Deve ser um currículo que te ajude a conquistar sua vaga de primeiro emprego mesmo que ainda não tenha experiência profissional.

É justamente sobre isso que a gente fala a partir de agora! Em seguida, veja como estruturar um documento que desperta a atenção dos recrutadores, quais informações incluir e como estruturar.

Como criar a estrutura do seu currículo para primeiro emprego

A estrutura do currículo para primeiro emprego não é muito diferente da estrutura dos demais tipos de currículo.

Clique para baixar modelos de currículos

O que faz ele um pouco diferente é que seu campo de experiência profissional será menor do que o currículo de alguém que já trabalhou formalmente. Mas nesta parte você vai dar destaque às vivências que te ajudaram a evoluir e se desenvolver.

Vamos então para cada uma das seções…

Primeiro os seus dados pessoais

Praticamente todos os currículos começam assim, com seus dados pessoais. É uma informação essencial, pois será por ela que você será encontrado, bem como saberão quem você é.

As informações que devem constar aqui são: Nome, Idade, Endereço, Telefone, e-mail, se quiser coloque seu perfil do Linkedin também.

É super importante que todos os dados inseridos nessa seção estejam atualizados.

Fale um pouco sobre você e seus atributos

Esta é uma seção opcional, mas se você conseguir colocar é um diferencial num currículo para primeiro emprego.

Aqui você fala sobre suas características e atributos.

É importante você não exagerar sobre suas qualidades, pois as pessoas que analisam os currículos vão notar. Lembre-se que você está começando nas suas experiências de trabalho, mantenha o equilíbrio na hora de falar de si mesmo.

Alguns exemplos do que pode colocar nesta seção:

  • comunicativo;
  • aprende rápido;
  • consegue resolver problemas;
  • sabe trabalhar em equipe;
  • bom relacionamento com colegas;
  • proatividade;
  • etc.

Lembre-se mais uma vez, nesta seção menos é mais.

Agora escreva seu objetivo profissional

Esta é uma das partes mais importantes do CV e você já pode começar a se destacar aqui.

Mostre, através do conteúdo escrito aqui que, mesmo sem experiência, está com energia e vontade de entrar no mercado e contribuir com a empresa.

Seja simples e direto nessa seção. Descreva o cargo e a área na qual você deseja trabalhar usando no máximo duas frases. Adapte o texto para a vaga na qual pretende se candidatar.

Por exemplo: “estou no início da minha trajetória profissional e tenho o objetivo de integrar a área X. Nesta área poderei desenvolver minhas habilidades, aumentar meus conhecimentos e contribuir com a empresa”.

Experiência é importante, mesmo no currículo para primeiro emprego

Mas sua pergunta é: Qual experiência?

Experiência profissional conta

Quem está no início da carreira pode dar uma ênfase diferente de um currículo normal. Já que não tem muitas ou nenhuma vivência profissional no mercado, o truque é destacar as experiências que te ajudaram a se desenvolver.

Se você tem algum estágio, programas de iniciação científica, empresa júnior pode colocar. Conta também um “bico”, trabalho freelancer, experiências em negócios da família, entre outras.

Além disso, trabalhos voluntários, que além de ser uma prova de algumas habilidades desenvolvidas, costumam ser muito bem vistos pelas empresas. Este tipo de ação mostra que você é capaz de se dedicar, mesmo sem ser remunerado, por uma causa em que realmente acredita.

nesta Próxima seção coloque sua jornada acadêmica e formações

Após falar da sua experiência, a próxima seção do seu currículo para primeiro emprego é a “formação acadêmica”.

Inclua nessa seção o ensino formal e suas qualificações com certificados. Esta é uma parte mais criteriosa do currículo, pois deve constar suas formações com diplomas e cursos com certificações.

Insira em ordem de importância (por exemplo: pós-graduação, graduação e assim por diante). O que você quer aqui é informar à empresa o seu grau de escolaridade.

Línguas e Cursos Extracurriculares

Num processo seletivo, saber um idioma a mais ou ter cursos extracurriculares no currículo podem ser a diferença entre você e outro candidato. Isso serve tanto para um currículo para primeiro emprego como para um currículo normal.

Mas no caso do primeiro emprego, quando se tem pouca ou nenhuma experiência profissional, vale a pena investir em atividades que te destacam nesse sentido.

Se você fala inglês ou alguma outra língua estrangeira, fale do seu nível (básico, intermediário, avançado, fluente) e as habilidades (fala, lê, escreve). Mas cuidado, não coloque um nível acima do que sabe, ou inclua idiomas que você não fala. Em algum momento isso será checado e se não for verdade pode te queimar na empresa e no mercado.

Em relação a outros cursos, inclua somente aqueles que são relevantes para a vaga. Por exemplo, se você fez um curso de gastronomia não precisa colocar para uma vaga de Assistente Administrativo. Somente coloque aquilo que é relevante para esta vaga, por exemplo, Pacote Office, Excel Avançado, etc.

Preparado para fazer seu currículo para o primeiro emprego?

Viu só como montar o currículo para seu primeiro emprego não é tão complicado assim?

Seguindo as dicas deste artigo, sendo sincero nas informações que vai incluir, você tem tudo para se destacar e chamar a atenção de quem está recrutando e ser chamado para uma entrevista!

O importante é não desistir, mesmo se nas primeiras tentativas não dê certo de ser chamado, haverá outras chances. Mas duvido que não seja chamado depois que turbinar seu currículo com essas técnicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *